segunda-feira, 8 de abril de 2013

Lugares secretos!

Os lugares secretos são escuros, roubam a alegria e fazem mal a alma!

        O que nos afasta de Deus são os nossos lugares secretos. Lugares onde escondemos os nossos segredos, os nossos sonhos, as nossas mentiras, as nossas verdades... Esses lugares destroem o nosso relacionamento com o Pai e por isso, muitas vezes, quando oramos sentimos a presença Dele, mas ao mesmo tempo sabemos  que estamos anos luz de distância de uma intimidade maior.
         Creio que aí se encontra a revelação que Jesus queria nos mostrar sobre a parábola das dez virgens. Cinco eram loucas. Estavam perto de Deus e ao mesmo tempo, distantes. Tinham Jesus na boca, mas não tinham no coração. Sequer poderiam imaginar que Ele estava para chegar. Desconheciam a palavra Rhema... Não conheciam Jesus. Sabiam a letra: que Jesus é bom, que Jesus salva, que Jesus liberta... Não sabiam amar Jesus, não conheciam o cheiro Dele e o pior não se pareciam com Ele. Eram loucas!  
         As sábias eram noivas que conheciam o seu noivo. Tinham intimidade. Estavam preparadas para a sua chegada. Elas não tinham lugares secretos... Viviam nos lugares altos! Embora não soubessem nem o dia, nem a hora da chegada do noivo, o sentia no soprar de uma brisa com cheiro de Nardo.  Olhavam para o céu e viam algo que ninguém via. Sentiam no espírito que Ele estava voltando! Num espelho quando contemplavam seus rostos viam a imagem Dele. Tinham azeite. Tinham o Espírito Santo. Eram sábias. 
      Os lugares secretos são escuros, roubam a alegria, fazem mal a alma liberando um sentimento de auto-piedade que só faz destruir. Quem anda na luz não pode habitar neles. Jesus me livra desses lugares! Quero habitar contigo nos altos lugares. Amém!

Nenhum comentário:

Postar um comentário