terça-feira, 22 de janeiro de 2013

Jesus buscava os altos lugares!

Jesus, luz para o caminho!

Quase sempre quando falo de altos lugares normalmente estou dizendo no sentindo figurativo, mas hoje vou expor algo no sentido denotativo. Buscar os altos lugares, os montes,  as montanhas,  os terraços ou  até mesmo uma janela  aberta para simplesmente olhar para um alto lugar e assim também avistar o céu é uma atitude de adoradores,  gente que ama a Deus e quer mais Dele.
Dando exemplo Jesus nos ensinou a buscar os altos lugares para  orar a Deus. Quando nos ensinou o "Pai Nosso", não disse que era importante orar num monte, já que temos que orar em todo o tempo, em qualquer lugar, sem cessar, mas Ele quando se retirava das multidões fazia isso! Subia  aos montes para falar com o Pai. Creio que Daniel não tinha como orar num monte como Jesus pois buscava a Deus de joelhos, de frente a sua janela aberta. Avistava  o céu e orava por Jerusalém. As  orações de Daniel incomodaram o inferno que se levantou para cair. Deus amava essa atitude de Daniel e o livrou da boca dos seus adversários.Uma pergunta: "As suas orações estão incomodando o inferno?  
Tenho poucas experiências de subir ao monte para  orar, porque quase nunca faço isso. Só sei que quando dobrei o joelho num monte para orar, a resposta veio. E veio rápida! Queria saber, o que  toca o coração de Deus? Será que é a nossa atitude? Será que é o nosso sacrifício de sairmos do conforto da igreja,  do nosso quarto?  Ou será  que é a nossa exposição mostrando ao mundo que somos de Cristo? 
Sabe em que acredito? Quando a gente ora nos montes somos mais verdadeiros nas nossas orações.  Abrimos o coração sem hipocrisia. Levantamos o nosso  olhar  para o  céu, as lágrimas caem e algo acontece  dentro de nós testificando  que Deus se inclinou para ouvir o nosso clamor. 
Tenho certeza que Deus responde a todas as orações verdadeiras. Então, se você não pode se retirar para orar, quando orar, busque ser o mais sincera(o) possível. .Jesus é a luz para iluminar o nosso caminho, o nosso caminho de orações.

Nenhum comentário:

Postar um comentário