terça-feira, 26 de junho de 2012

Verdades sobre a mentira

                                      
          A mentira é um pecado que praticamente está ligado a todos os outros pecados. Ela está escondida na ação de um roubo, de um assassinato, de um adultério, de uma luxúria, de uma vaidade. Pode ainda ser detectada numa situação de poder, de cobiça, mesmo que bem camuflada.
           É um pecado tão sério que está relacionado entre os outros quesitos que determinam quem entrará no céu. Em Apocalipse, o Espírito Santo deixa claro: "Os mentirosos não entrarão no reino dos céus." E não podem mesmo, pois se tornam filhos do diabo aqueles que mentem. Sabemos que o diabo é o Pai da Mentira. Nele não existe verdade e ele vai ser mandado junto com seus demônios e filhos para o lago de fogo de enxofre.
         Seja o mentiroso, um contador de pequenas mentiras ou de grandes mentiras, não há distinção. Ele não deixa de ser um mentiroso por causa do tamanho ou da qualidade da mentira. Digo isso, porque tem gente que fala que mente para o bem. Existe isso? Mentira faz bem em algum tempo? No livro de provérbios, Salomão compara as pequenas mentiras com raposinhas que fazem mal a vinha que está em flor. Entendo com isso, que as muitas mentirinhas são até mais perigosas que uma grande mentira. Destrói algo que está crescendo em perfeita harmonia. 
      Concluímos então, que um casamento que vive em uma mentira, ou em mentirinhas está fadado ao fracasso. Um relacionamento de amizade ou de negócio também. Nada se constrói onde habita a mentira. Já diz o ditado que a mentira tem pernas curtas. Ou seja, cedo ou tarde a mentira vai cair por terra e a bomba da verdade será detonada trazendo sofrimento e muitas lágrimas. 
      A busca pela autenticidade precisa ser nosso alvo em todo o tempo. Temos que nos policiar, nos desviar desse pecado. Sermos autênticos em todo o tempo. Sabemos que a verdade liberta, não traz prejuízo e não escandaliza, como muitos dizem por aí. Se a verdade está sendo dita com amor, pode ter certeza que vai gerar frutos.





4 comentários:

  1. Oi querida

    Agradeço a solicitação de amizade,gostei muito do seu blog e estou seguindo!
    " a verdade liberta"

    Beiju grande e deixo convite para visitar minha página:

    estherontemehoje.blogspot.com.


    Paz, amadinha!

    ResponderExcluir
  2. muito bom mesmo continue assim que DEUS TE ABENÇOE

    ResponderExcluir
  3. Bela postagem, parabens. Ja estou seguindo seu blog. Fique com Deus... Acesse e siga o meu de volta. e nao esqueça do comentario. http://chequemaster.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Bom artigo. A mentira é acima de tudo uma maneita de disgarçarmos uma realidade que queremos esconder. Algumas mentiram abafam uma falha, mas outras são para tentar expressar o que não somos, ou o que vemos nos outros como qualidades que queriamos em nós. A coisa é tão séria que penso que a mentira é uma expressa negação da obra que Deus fez em nós, pois uma vez que precisamos negar o que somos negamos o que Deus é.

    Cordialmente,
    José Eduardo.

    ResponderExcluir