quarta-feira, 13 de junho de 2012

O Primeiro Amor




       Pior do que ver um pecador se lambuzando no pecado, é ver uma pessoa que foi crente.  O estado dela fica sete vezes mais grave. Era melhor que não tivesse conhecido o Pai, o Filho e o Espírito Santo. Como disse o apóstolo Pedro, é como um cão que volta para comer o próprio vômito.
    O que se pode fazer por essa pessoa? Ela já conhece Jesus. Um dia já foi apaixonada por Ele e hoje, apenas o ama. Pois, se você perguntar para uma pessoa desviada do evangelho é isso que ela te responde: "Eu amo Jesus, ainda sou crente, só não vou mais à igreja." Mas, como em Éfeso (apocalipse), ela perdeu o primeiro amor e não é mais apaixonada por Jesus como antes. Diz até que é uma boa pessoa. Está cheia de obras, mas caminha para o inferno e não se dá conta disso. O pecado de cada dia o cauterizou.

   O que é o primeiro amor?  É quando o sono não vem e o pensamento voa madrugada a dentro e nos perdemos em sonhos. Abrimos a janela e dormimos vendo as estrelas.
   O primeiro amor nos faz cantar, nos faz rir alto. É assim quando estamos apaixonados.  Quer saber mais sobre o primeiro amor? O primeiro amor é simples. Uma rosa lhe satisfaz. Não é necessário diamantes, nem lençóis de cetim. 
O primeiro amor é propagado. Não existe outro nome na nossa boca. Só o Dele. Não existe outro assunto. Só queremos falar Dele. Aos quatro ventos só cantamos canções para Ele.
    Quando o primeiro amor se vai, resta o quê? Buscar um analista para saber se vale a pena recomeçar ou tentar descobrir o porquê de tudo ter acabado? Onde foi que tudo se perdeu? Como foi?
    A resposta é que verão acabou. Era amor de verão! Às águas de março levaram o nosso olhar apaixonado em tons de verde mar, levaram os momentos a dois quando passeávamos pela praia ao som do barulho das ondas recebendo um vento gostoso no rosto.
     Foram esquecidos o tempo do levantar das mãos pedindo um abraço ou o apertar das mesmas mãos num momento difícil onde os lábios apenas murmuravam palavras que  só o céu pôde escutar.
    O tempo de festa e as canções feitas para o amado já não fazem mais sentido. Parece tudo bobagem. O riso acabou. Morreu a alegria de cantar. Queremos os lençóis de cetim. Os de retalho perderam a graça. Não queremos mais rosas. Os diamantes agora fazem parte. O que as pessoas vão dizer? Preciso mostrar que o Noivo me ama. Ele não entende. O Noivo não me entende. Ele está demorando demais. O coração murmura. A esperança adiada adoentou o coração.
     Não busque o analista. Ele pode matar o seu primeiro amor de vez. A ciência dele te apresenta razões que são falácias. Parece verdade. Só parece!
    Depois do outono vem o inverno e o frio pode ser rigoroso demais e sem o Noivo não é possível suportar a solidão da alma. Sem Ele as amarguras viram feridas e as feridas viram câncer e o câncer traz a morte.  Sem o Noivo não existe pedido de perdão. A ira impera e abre portas para o ódio que  também traz a morte. E a morte sem o Noivo é eterna e leva a morada de fogo.
     Ainda dá tempo de reacender a chama e voltar ao primeiro amor  Ainda tem brasa na lareira. Só é preciso buscar o Noivo. Sentar com ele para conversar. Abrir o coração. Falar da saudade. Pedir perdão. Esquecer o que as pessoas disseram, o que as pessoas falaram. Elas queriam o fim desse amor e venceram por um momento. O importante é o que o Noivo falou. A última palavra é Dele e Ele diz que te ama e que está à sua espera no altar. As bodas já estão preparadas.
    Neste novo encontro  é só levantar as mãos. Ele entende que é um pedido de abraço para tudo recomeçar. Ah, não se esqueça de ligar o som e colocar a canção que um dia foi tocada só para vocês. A canção que lembra quando o amor de vocês era como um fim de tarde na primavera. Tinha cheiro de flores, de nardo, de mirra.

2 comentários:

  1. O Primeiro AMOR..devemos regar nosso amor por Jesus todos os dias. Ir a Igreja não significa que estamos vivendo o primeiro amor.. Na verdade elas estão cheias de crentes mornos...
    É uma estratégia do inimigo deixar os crentes assim desanimados, frios..para não darem frutos.
    Que possamos refletir como está nossa fé em Cristo.
    Dando frutos ou paralisada.Bjo irmã lindo texto.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Andrea pela sua participação aqui no blog... Que Jesus te abençoe ainda mais e você possa dar muitos frutos para o reino.
      Penso como você. Tem muita gente morta dentro da igreja, mas também tem um remanescente disposto a lutar por Jesus, ou seja, não deixar o primeiro amor morrer.
      Abraços

      Excluir