segunda-feira, 7 de novembro de 2011

A lei da colheita!

   

Falei sobre plantar e colher, mas não citei propositadamente a questão dos dízimos e das ofertas para a Casa do Senhor. Dízimo é obrigação. Oferta é um ato de amor. O dízimo é inegociável e podemos até provar a Deus, de tão forte que  o assunto é tratado na Palavra. A oferta tem que ser dada com alegria e com coração puro, caso contrário será rejeitada. Olhe o exemplo de Caim! No coração, ele já era um assassino. Mas, agora observe nas escrituras como Abraão e Gideão trataram o Anjo do Senhor. Por favor, corram à bíblia e leiam de novo essas passagens. Prepararam o melhor e ofereceram!

   Abaixo transcrevo a lei da colheita que aprendi com o pastor Márcio Valadão. Leia cada citação e pense bem antes de deixar de dizimar e ofertar. E saiba: plantar é uma atitude nossa com colheita certa, já que o milagre de fazer germinar é do Nosso Pai e esse não falha em suas promessas.

A lei da Colheita!
- Você precisa plantar a semente.
- Você precisa entregar a semente e não considerar mais o seu valor.
- Você precisa plantar o que espera colher.
- Você estabelece o tamanho da sua colheita quando semeia a sua semente.
- Você precisa semear em boa terra.
- Você precisa esperar um tempo entre plantar e colher.
- Você precisa cuidar da plantação para uma boa colheita.
- Você precisa sempre semear tendo em vista o tamanho da colheita e não a partir  do tamanho da colheita.
- A despesa é sempre maior na época da colheita
- Parte da colheita se destina a semear de novo.
- Parte da colheita é para você.
- A colheita é um milagre.

Nenhum comentário:

Postar um comentário