quinta-feira, 17 de novembro de 2011

Levantadores de altares!!!

   

  Relendo a história do rei Saul entendo porque ele não era um  homem, um rei, segundo o coração de Deus. Compreendo porque o Eterno precisou buscar a Davi no pasto e fazer de um pastor de ovelhas, um rei para Israel e não um simples rei, mas um rei que marcou a história de seu país e se tornou um dos monarcas mais famosos do planeta e que até hoje é reverenciado como exemplo de homem  de fé e de coragem. Afinal, quem não conhece a história da batalha de Davi com Golias? 

quarta-feira, 16 de novembro de 2011

Face a face com Deus


Li esse livro  e indico, porque ele nos ensina novas formas de falar e de como agir diante de Deus. Sempre quando vamos orar, começamos adorando, ou já vamos direto aos nossos problemas e descarregamos tudo diante do Pai. Isso é errado? Lógico que não, mas podemos surpreender a Deus e muito mais, sermos surpreendidos, se simplesmente não falarmos nada diante Dele e deixá-lo nos amar. Afinal, ele nos amou primeiro.O autor lembra de Maria e Marta. Maria escolheu a melhor parte: ouvir a Jesus. Marta fazia o serviço que Jesus não pedira.. Então, precisamos parar para ouvir Jesus. Podemos desfrutar da presença do Mestre, porque ele já  nos convidou para sentar à mesa com Ele. Ele é nosso amigo.

segunda-feira, 7 de novembro de 2011

A lei da colheita!

   

Falei sobre plantar e colher, mas não citei propositadamente a questão dos dízimos e das ofertas para a Casa do Senhor. Dízimo é obrigação. Oferta é um ato de amor. O dízimo é inegociável e podemos até provar a Deus, de tão forte que  o assunto é tratado na Palavra. A oferta tem que ser dada com alegria e com coração puro, caso contrário será rejeitada. Olhe o exemplo de Caim! No coração, ele já era um assassino. Mas, agora observe nas escrituras como Abraão e Gideão trataram o Anjo do Senhor. Por favor, corram à bíblia e leiam de novo essas passagens. Prepararam o melhor e ofereceram!

quarta-feira, 2 de novembro de 2011

Sabemos onde plantar e a hora certa de colher???





   Nos evangelhos Jesus muitas vezes usou a agricultura para seus ensinamentos. Em um deles Jesus explica a importância de plantar no lugar certo. De que não adianta plantar nas pedras, nos espinhos ou mesmo a beira da estrada, mas a terra tem que ser boa para frutificar, ou seja, precisa ser preparada. Em outra citação, Jesus numa referência a ele mesmo disse que a semente precisa morrer para florescer e frutificar. A lei da colheita foi estabelecida por Deus Pai. Ele plantou Jesus, que morreu por mim e por você e colheu muitos filhos. A todos que receberem Jesus como Salvador serão chamados de filhos por Deus.